Segunda fase de pesquisa estima que 15 mil pessoas já foram infectadas por coronavírus no RS

0

Levantamento coordenado pela UFPel que busca a prevalência da doença na população a partir de amostragens tem novos resultados apresentados nesta quarta-feira.

As conclusões da segunda etapa da pesquisa que verifica a presença do coronavírus na população gaúcha estimam que 15 mil pessoas já tenham sido infectadas pelo sars-cov-2  no Rio Grande do Sul.

Conforme dado oficial, até a manhã desta quarta-feira (29), havia 1.350 casos notificados no Estado. O levantamento indica que para cada caso registrado há 12 que não chegaram ao conhecimento das autoridades. O resultado da nova etapa da pesquisa coordenada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel) foi apresentado nesta manhã pelo governador Eduardo Leite.

O número de 15 mil se refere a pessoas que tenham tido contato com o vírus – tendo ou não os sintomas da doença – e tenham desenvolvido os anticorpos para a covid-19. Isso porque o teste usado no levantamento é o rápido, o que detecta dois tipos de anticorpos no organismo. O levantamento aponta que há uma pessoa infectada a cada 769 habitantes. Na primeira fase, a estimativa era de um infectado para cada 2 mil pessoas.

O coordenador-geral da pesquisa, o epidemiologista e reitor da UFPel, Pedro Curi Hallal, explica que “apesar de a diferença entre os resultados da primeira fase (5,6 mil) e da segunda fase 2 (15 mil) estarem dentro da margem de erro, parece haver uma tendência de aumento” no número de infectados.

A estimativa hoje mostra possíveis 15 mil pessoas que já tenham tido contato com a covid-19, mas levando em conta a margem de erro, o número pode ser entre 5,6 mil e 32,7 mil.

Fonte e Foto: Gaúcha ZH

Compartilhar

Deixe uma resposta