Operação interdita bomba de combustível na região

0

 

Em uma ação de combate à adulteração de combustíveis realizada pela Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Consumidor, ocorreu na semana a interdição de tanques e bombas de combustível em dois postos no Rio Grande do Sul, um deles em Taquaruçu do Sul. Segundo informações do Ministério Público, no posto da cidade, houve a interdição do tanque e da bomba de etanol, uma vez que em foi constatado que o padrão condutividade estava fora do padrão legal.

Além da suspensão da comercialização dos produtos, mediante o lacramento de bombas e tanques, os magistrados acolheram o pedido de MP de medição do volume dos tanques, apreensão de notas fiscais dos produtos impróprios e coleta de amostras para eventual contraprova. As análises foram realizadas pelo engenheiro químico do Ministério Público no Laboratório Móvel da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor.

Na região, a ação foi proposta pela Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Porto Alegre, por meio do promotor de Justiça Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, em atuação conjunta com a 2ª Promotoria de Justiça de Frederico Westphalen, por meio do promotor João Pedro Togni.

Segundo informações do MP/RS, no mês de agosto já estão agendadas mais três operações de monitoramento da qualidade de combustíveis em atendimento a solicitações de Promotorias de Justiça do interior do Estado.

Fábio Pelinson/AU

Compartilhar

Deixe uma resposta