Operação contra homicídios e feminicídios termina com 162 presos no RS

0

 

A Operação Cronos, realizada nesta sexta-feira (24) para combater homicídios e feminicídios, terminou com um saldo de 162 presos e 16 adolescentes apreendidos no Rio Grande do Sul. A ação foi realizada de forma simultânea pela Polícia Civil em todo o país.

Durante a operação, a polícia gaúcha prendeu o suspeito de matar uma jovem de 24 anos em Santa Cruz do Sul. De todas as prisões, 50 foram por homicídio e quatro por feminicídio.

Também foram presas 22 pessoas por crimes relacionados à Lei Maria da Penha, 54 por crimes diversos e 32 prisões ocorreram em flagrante por crimes como tráfico e porte ilegal de arma de fogo.

De acordo com a Polícia Civil, foram apreendidas 39 armas e aproximadamente 9 kg de drogas. No estado, 718 policiais civis estiveram envolvidos na ação.

A operação foi coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícias Civis (CONCPC) e foi definida após reunião com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, em julho.

Em todo o país, 2.627 pessoas foram presas e 341 adolescentes foram apreendidos.

O nome Cronos, inspirado no deus do tempo da mitologia grega, é uma referência ao tempo de vida das vítimas, que era reduzido pelos autores dos crimes.

Fonte: G1/RS

Compartilhar

Deixe uma resposta