Ministério Público ajuíza ação por fraude em concurso público de Trindade do Sul

0

 

O Ministério Público de Nonoai ajuizou ação que busca apurar atos de improbidade administrativa no Concurso Público realizado pela Prefeitura Municipal de Trindade do Sul no ano de 2010. O processo analisa possíveis irregularidades na licitação que deu origem a contratação da empresa e busca a nulidade da licitação o que pode vir a anular o concurso.

Segundo o ministério público, são réus da ação, Valdomiro Bosa, prefeito da época, cinco servidores municipais e representantes da empresa Precisão Concursos e Serviços que promoveu o concurso público. A investigação teve início ainda em 2010 e a ação civil pública foi ajuizada no final do ano passado. Os envolvidos estão recebendo notificações para defesa.

Para o ministério público candidatos teriam se beneficiado do concurso através do direcionamento para acomodar politicamente servidores correligionários do prefeito na época.

Além dos réus na ação, todos os aprovados no concurso também receberam notificação para defesa facultativa, como terceiros interessados considerando que eles podem ser afetados com a decisão da ação.

O prefeito da época, Valdomiro Bosa, foi procurado pela reportagem da Rádio Clube, ele afirmou que a ação foi motivada por uma denúncia infundada e que não a nada que possa a vir comprometer o concurso. Ele também informou que essa denúncia foi feita no Tribunal de Justiça do Estado sendo inocentado da ação naquela ocasião.

O ex-prefeito também solicitou para que os funcionários públicos envolvidos sigam com compromisso na prestação de serviço atuando em suas funções. Ele considerou o papel do ministério público no trabalho de esclarecimento dos fatos e que tem convicção de sua inocência.

Fonte: Adriana Friedrich/Rádio Clube Foto: MP/RS

Compartilhar

Deixe uma resposta