Médico é agredido no Hospital Comunitário de Nonoai

0

Fato ocorreu na última terça-feira, dia 18 de junho no final da tarde. Direção do Hospital emitiu nota de esclarecimento sobre o fato.

Um foto inusitado ocorreu na ultima terça-feira (18), no Hospital Comunitário de Nonoai. Foi por volta das 18h que um médico foi agredido enquanto realizava atendimento a uma mulher. 

Conforme a direção do hospital, por motivos fúteis o companheiro da mulher que estava sendo atendida investiu contra o médico desferindo socos e ponta pés. 

O profissional precisou receber atendimento. Os órgão de segurança foram acionados para conter a situação. 

Devido os fatos a direção da casa lançou uma nota de esclarecimento.  Confira a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

“A Associação Hospitalar Comunitária e Beneficente De Nonoai, por meio de seu corpo administrativo, conselho, fiscal, sócios, colaboradores e corpo clínico, vêm a público prestar esclarecimento sobre o episódio ocorrido na tarde do dia 18.06.2019, quando um cidadão que se dizia parente de paciente, invadiu o Hospital e campo restrito a espaço para consultas, tendo agredido profissional médico que trabalhava no atendimento de pacientes.

Que o lamentável episódio só teve fim, graças a ação de alguns colaboradores que conseguiram deter o agressor que inexplicavelmente passou a socos e empurrões a um dos médicos que fazia atendimento aos pacientes. O fato foi imediatamente informado a Polícia Militar e Autoridade Policial para as providências cabíveis.

Sabido é que o Hospital quer queira quer não é voltado preponderantemente a primeiro atendimento de pacientes de uma grande região, o que sobrecarrega por demais os profissionais que prestam seus serviços em elevado volume,  mas, sempre demonstrando dedicação e não é demais dizer, em certos casos, empreendendo esforço sobre-humano.

A Associação em seu conjunto lamenta a repudia a atitude despropositada do agressor, que doravante responderá por seus atos tanto na esfera criminal como civil. Importante registrar que se o agressor através de sua desastrada ação objetivava notabilizar-se socialmente ou se agiu com propósito de desgastar a imagem do Hospital, não alcançou seus objetivos. Pois, desde os primeiros instantes pós-fatos, a população passou a exteriorizar com extrema veemência seu elevado grau de repugnação a insensata e condenável atitude do agente causador. Sociedade essa que não compactua com tais praticas. Afinal, hospital e sociedade sentiram-se abaladas ao saber que um médico restou agredido enquanto praticava atos de cura de paciente doente.

Por fim, a Associação Hospitalar, deixa claro que tudo fará para que o episódio não se repita, e com auxílio do Estado e da população estará dando as garantias necessárias para que seus colaboradores continuem prestando os serviços hospitalares. E, em especial, solidariza-se sob todos os aspectos com o profissional agredido, bem assim com sua família, deixando claro que se coloca a inteira disposição para auxiliá-lo sob todos os aspectos”.

Nonoai (RS), 19 de junho de 2019”.

ARI BEDIN
Presidente AHCB

Dr. André Luiz Moreira Hypólito
Dr. Clínico

Fonte e Foto: Rádio Clube FM

Compartilhar

Deixe uma resposta