Japão procura sobreviventes após chuvas que deixaram quase 200 mortos

0

 

As equipes de resgate procuravam nesta quinta-feira entre os escombros das casas as dezenas de pessoas que continuam desaparecidas após as fortes chuvas que atingiram o Oeste do Japão e que provocaram 199 mortes. Esta é a pior catástrofe meteorológica no país desde 1982 e provocou dúvidas sobre a avaliação de riscos ante fenômenos deste tipo no Japão.

As operações de limpeza e retirada de lama e terra pós os deslizamentos que sepultaram bairros inteiros prosseguem e as autoridades locais afirmaram que devem continuar, casa por casa, com a busca por sobreviventes, pois quase 60 pessoas estão desaparecidas. “As 72 horas críticas já passaram, admitiu Mutsunari Imawaka, funcionário da prefeitura de Okayama, uma das áreas mais afetadas, ao lado de Hiroshima. “Mas vamos continuar com as buscas, acreditando que ainda há sobreviventes”, disse.

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe, que cancelou uma viagem a quatro países, visitou na quarta-feira a província de Okayama e na sexta-feira deve seguir para outras áreas afetadas pelas inundações e deslizamentos de terra. Abe não fez declarações à imprensa, mas se reuniu de modo privado com alguns moradores afetados. Milhares deles estão em refúgios públicos e outros seguiram para as casas de parentes.

Fonte: CORREIO DO POVO 

Compartilhar

Deixe uma resposta