Inter fecha a contratação de Rafael Sóbis como principal reforço para a Libertadores

0

É a terceira passagem do jogador no time gaúcho. Seu último contrato foi com o Cruzeiro

Internacional fechou, na manhã deste sábado (5), a contratação de Rafael Sóbis como principal reforço para a Libertadores. Aos 33 anos, ele retorna para casa, para sua terceira passagem pelo clube, com o objetivo de atualizar a imagem do atacante de cabelos platinados e com aparelho nos dentes, correndo com a bandeira em punho pelo Beira-Rio nas conquistas das Libertadores de 2006 e 2010.

O anúncio oficial do clube deve ser feito na tarde deste sábado (05/01).  A ideia é ter Sóbis como centroavante titular no início da competição continental. Se tudo ocorrer como o previsto, ele já começa a pré-temporada no CT do Parque Gigante a partir de segunda-feira (7).

Em sua contar no Twitter, no dia de ontem (04/01), o jogador agradeceu os cruzeirenses: “Encerro hj um bonito capítulo que vivi, com títulos e orgulho. Obrigado Cruzeiro, a todos os profissionais que trabalhei e sua linda torcida. Que venham os próximos capítulos.”

No dia de hoje, também pelo Twitter o jogador escreveu: “O bom filho a casa torna”.

Por onde andou Sóbis

Consagrado, o atacante se despediu do Beira-Rio pela primeira vez e tomou o caminho do Betis, da Espanha. Depois, tomou o caminho do Al Jazira, dos Emirados Árabes. De lá, voltou ao Inter a tempo de, outra vez, escrever seu nome em mais uma final da Libertadores. Chegou na metade 2010 e jogou a semifinal e a final, contra o Chivas. No jogo de volta, em um Beira-Rio lotado, fez o gol que empatou o jogo. Ao final do 3 a 2 nos mexicanos, chorou e repetiu a cena de correr com a bandeira em punho. 

Na metade de 2011, Sobis deixou o Inter pela segunda fez. Em baixa no clube, foi liberado para se acertar com o Fluminense. Ali, conquistou o Brasileirão em 2012 e virou ídolo. Trocou o Rio pelo Tigres, do México. Mais uma vez, foi marcante numa Libertadores e ajudou o clube a chegar à final em 2015, caindo para o River. Na metade de 2016, voltou ao Brasil para jogar no Cruzeiro. Em três temporadas, ganhou duas vezes a Copa do Brasil. 

Fonte: Gaúcha ZH

Compartilhar

Deixe uma resposta