Com gol de Sobis no fim, Inter vence o Palestino em estreia na Libertadores

0

De falta, ídolo fez o gol da vitória colorada em Santiago.


Coube ao talismã colorado em LibertadoresRafael Sobis, dar ao Inter a vitória por 1 a 0 sobre o Palestino, na estreia do clube no torneio, em San Carlos de Apoquindo. O gol de Sobis, aos 37 minutos do segundo tempo, fez com que o time de Odair Hellmann vencesse um jogo-chave no Grupo A. Agora, o Inter terá três jogos em série no Beira-Rio para encaminhar a sua classificação às oitavas da Libertadores. O primeiro deles será já nessa quarta-feira, diante do Alianza Lima.


O Inter esperou 1.323 dias para jogar uma partida de Libertadores outra vez. E logo nos primeiros minutos, a equipe se posicionou na defesa, pronta para contra-atacar. Em determinados momentos, eram 11 colorados defendendo e buscando roubar uma bolinha que fosse para escapar do domínio do Palestino.


Aos poucos, porém, a equipe de Odair Hellmann foi se ambientando de novo ao torneio. Chegou a sofrer um gol, de rebote. Mas, para a sorte colorada, a arbitragem marcou impedimento e anulou o gol de Lucas Passerini. Em seguida, Nico encontrou Pottker na pequena área, mas o atacante se enrolou com um marcador e não conseguiu concluir. Lá pelos 20 minutos o jogo já era entre iguais. O Inter, porém, não conseguia concatenar as suas jogadas ofensivas. Quando saía no contra-ataque, Nico López ou William Pottker era um corpo isolado na frente, sem ninguém para tabelar.  

Aos 23 minutos, Iago e Nico fizeram boa jogada pela ponta e o cruzamento por pouco não encontrou Pedro Lucas para marcar. No rebote, Ignácio Gonzáles defendeu um chute cruzado de Pottker. Em seguida, em novo contra-ataque, Patrick bateu à esquerda, rente à trave. Aos 33, a melhor e mais bem trabalhada jogada do Inter no primeiro tempo. Depois de trocar passes com Edenilson, Zeca e Pottker, o atacante inverteu a jogada para Nico, que cruzou para Pedro Lucas cabecear e ver o goleiro do Palestino fazer uma defesa elástica. Por pouco o Inter não fez o seu gol número 1 na Libertadores. O lance contrastou com o ataque moroso da maior parte do primeiro tempo colorado. 

Empurrado pela sua torcida — que não lotou San Carlos de Apoquindo —, o Palestino resolveu voltar à carga. E, se não fosse Marcelo Lomba, os chilenos teriam marcado. Primeiro, com uma pancada de Jorqueda de fora da área. Depois, buscando um cabeceio de Gutiérrez (que deixou Cuesta deitado), no ângulo. A defesa colorada correu sérios riscos. O primeiro tempo chegou ao fim com um jogo entre iguais. Com duas boas chances de gol para cada lado, sem que nenhum time tivesse o domínio da partida, nenhuma grande imposição em campo.

Na segunda etapa, o palestino retornou com maior intensidade e, antes do primeiro minuto, lá estava Lomba defendendo mais cum chute a gol. A resposta colorada foi com Pottker, com uma bomba de fora da área, que parou nas mãos do goleiro chileno. Em seguida, Iago cruzou na área, a defesa falhou, e Moledo deu uma joelhada para fora. 

O Inter passou a acelerar o contra-ataque, mas ainda faltava capricho para concluir os lances de ataque. Parecia faltar ambição aos colorados em alguns momentos. Foi quando os chilenos se deram conta que poderiam vencer. E foram para cima do Inter. Em determinado lance, Moledo surgiu como um zagueirão do interior gaúcho para salvar a defesa com um bico na bola. 

Aos 19 minutos, Sobis entrou no lugar de Pedro Lucas e, em seguida, o Inter perdeu Dourado, lesionado. Lindoso foi a campo. Aos 30 minutos, Iago e Pottker invadiram a área tabelando e o atacante bateu forte para nova defesa do goleiro. 

Aos 37 minutos, Edenilson teve a jogada parada por uma mão na bola. Falta lateral, Sobis na bola. O bicampeão da Libertadores viu a barreira se formando com dois jogadores, viu também o goleiro se posicionando no meio da goleira e… bateu direto, em curva, e correu para comemorar o gol quando Gonzáles caiu com bola e tudo dentro do gol. Sobis, em sua terceira passagem pelo clube, deu a vitória ao Inter na estreia da Libertadores. 

Fonte: Gaúcha ZH

Compartilhar

Deixe uma resposta