Chapecoense apresenta o técnico Ney Franco; “Um clube que tem o carinho de todos os torcedores brasileiros”

0

“Recebi muitas mensagens de parabéns”, conta o treinador.

Na sala de imprensa da Arena Condá, a Chapecoense apresentou nesta sexta-feira (29), Ney Franco como seu novo técnico. Após a saída de Claudinei Oliveira, o Verdão era comandando pelo interino Emerson Cris. Em sua chegada, o comandante do Verdão contou que foi parabenizado por assumir o cargo “Um clube que tem o carinho de todos os torcedores brasileiros. Recebi muitas mensagens de parabéns”, conta o treinador.

O último trabalho do treinador foi na Série B do ano passado, pelo Goiás, onde trabalhou com o atual consultor estratégico da Chape, José Carlos Brunoro. Ele assumiu o clube “Esmeraldino” na zona de rebaixamento e terminou a competição na quarta colocação, com 60 pontos. O resultado trouxe de volta o clube goiano para a elite do futebol brasileiro. O time havia sido rebaixado em 2015 e desde então não frequentava a Séria A do “Brasileirão”.

Sobre o bom trabalho que fez no Goiás, o técnico disse:

“Em comparação ao trabalho com o Goiás, é uma equipe tradicional. Estavam em situação ruim e conseguimos bons resultados. Não é devido apenas ao treinador, mas a toda equipe, funcionários, jogadores”.

Na partida de contra o Brusque neste domingo (31), Ney Franco não comandará a equipe. Emerson Cris segue como interino.

O histórico de Ney Franco:

Ney Franco é mineiro de Vargem Alegre. Ele começou sua carreira no futebol em 1992, quando foi contratado pelo Atlético Mineiro para ser o preparador físico do time sub-15. Em 1995 trocou o galo pelo maior rival, o Cruzeiro, para ser o treinador do sub-15.  No ano seguinte ele foi promovido ao sub-17, onde ficou até 2001. Neste mesmo ano, Ney Franco assumiu o sub-20 do time Celeste. No ano de 2004 o técnico teve e a oportunidade de ser o treinador interino do time de Minas Gerais.

Ainda em 2004, Ney Franco assumiu seu primeiro clube profissional como técnico. Ele foi escolhido para comandar o Ipatinga, do interior de Minas Gerais. Logo no seu primeiro ano, em 2005, ele levou o “Tigrão de Aço” a seu primeiro título do Campeonato Mineiro.

Em 2006, quase repetiu o feito, mas o time do interior de Minas foi derrotado pelo Cruzeiro por 1 a 0, em casa na final da competição. Nesta temporada, o Ipatinga foi eliminado nas semifinais da Copa do Brasil pelo Flamengo. O desempenho de Ney Franco chamou a atenção do Rubro-Negro, e o treinador foi convidado para comandar os cariocas na final do torneio.

Na final, o time da Gávea bateu o rival Vasco, vencendo as duas partidas da decisão, por 2 a 0 e 1 a 0, respectivamente.

Ainda pelo Flamengo, conquistou o Carioca de 2007, derrotando na final o Botafogo, nos pênaltis. Foi transferido em agosto desta temporada para o Atlético-PR, clube no qual ficou até maio de 2008.

Voltou para o Rio de Janeiro, desta vez, para treinar o Botafogo. Pelo Alvinegro, venceu a Taça Guanabara de 2009, e foi vice-campeão do Campeonato Carioca deste ano, perdendo a decisão para o Flamengo.

No final de 2009, Ney Franco foi convidado para treinar o Coritiba, que havia acabado de ser rebaixado para a Série B. Venceu o campeonato estadual, e em uma campanha belíssima, reconduziu o Coxa à elite do futebol brasileiro.

Após passagens vitoriosas por Ipatinga, Flamengo e Coritiba, o técnico foi convidado pela CBF para assumir a Seleção Brasileira sub-20, em 2010.

Com a seleção de base, o treinador conquistou o Mundial de 2011, após vitória por 3 a 2 sobre Portugal na decisão do torneio.

No entanto, em 2012, deixou a seleção e aceitou o convite do São Paulo, assumindo o lugar que era ocupado por Emerson Leão. E no mesmo ano, acertou a equipe, a classificou para a pré-Libertadores e conquistou o título da Sul-Americana após um incomodo jejum de três anos  sem títulos.

Em 2013, o Vitória confirmou a contratação de Ney Franco. Em maio de 2014, Ney Franco pediu demissão do time baiano, para assumir novamente o Flamengo. Ainda em 2014, após uma sequência de resultados negativos, o técnico deixou o clube carioca.

O técnico assumiu o Coritiba em 2015. Em 2017, Ney Franco foi anunciado como novo técnico do Sport, mas foi demitido dois meses depois, após perder a final da Copa do Nordeste para o Bahia.

Fonte e Foto: ClicRDC

Compartilhar

Deixe uma resposta