Chape vence o Corinthians na estréia de Guto Ferreira

0

Vitória do verdão foi a primeira na história do confronto entre as duas equipes. 

O Corinthians dominou o primeiro tempo. A Chapecoense mandou no segundo. E quem levou a melhor foi o time catarinense, que lutou até o fim e conseguiu a virada nos acréscimos, com Doffo. A vitória por 2 a 1, na tarde deste domingo, pela 18ª rodada do Brasileirão, foi a primeira na história da Chape contra o Corinthians. O resultado, aliás, foi excelente para a Chape, que sai da zona do rebaixamento, empurrando o Santos para o Z-4. Já o Corinthians segue fora do G-6, em sétimo. As duas equipes voltam a se encontrar na Arena Condá na próxima quarta-feira, agora pela Copa do Brasil.

PRIMEIRO TEMPO

Mais uma vez, a Chapecoense começou o jogo dormindo e levou um gol com menos de 10 minutos – foi a terceira ocasião nos últimos cinco jogos. Era tudo o que o reservas do Corinthians queriam para ganhar confiança e dominar a partida. O gol de Marquinhos Gabriel, em rebote de finalização de Roger, poderia não ter sido o único, caso o Timão apertasse ainda mais.

A Chape, dentro da zona do rebaixamento, parecia perdida. Só em bolas alçadas na área o time catarinense conseguiu levar algum perigo a Cássio. No geral, porém, o Corinthians esteve muito mais perto do segundo gol do que a Chape do primeiro na etapa inicial. Destaque para Araos, jogando como volante ao lado de Gabriel, mas se apresentando também para armar, e Mateus Vital, que mandou uma bola no travessão. Os garotos Mantuan, Léo Santos e Carlos Augusto se mostraram seguros e não comprometeram.

SEGUNDO TEMPO

A partida mudou completamente depois do intervalo. Guto Ferreira colocou o garoto Bruno Silva na vaga do ex-santista Victor Andrade e mandou o time marcar no campo de ataque do Corinthians. O abafa deu certo, e o time paulista passou a encontrar dificuldade para sair da defesa.

A bola rondou a área corintiana por quase 25 minutos, até o estreante Diego Torres empatar o jogo, de falta, após lance polêmico envolvendo Cássio (veja mais acima). O Corinthians chegou a assustar, atrás do segundo gol. Mas acabou levando a virada nos acréscimos, em rebote de Cássio em chute de Márcio Araújo, que Doffo aproveitou.

Fonte e Foto: Globo Esporte

Compartilhar

Deixe uma resposta